Oito mandados de busca e apreensão são cumpridos pelo Gaeco em Aracaju e Nossa Senhora das Dores

Essa é a terceira fase da ação, que busca aprofundar provas sobre grupo criminoso que atuava na gestão da Fundação Beneficente Hospital de Cirurgia.

12/09/2019 as 07:24

Oito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta quinta-feira (12) pela Operação Metástase, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE), nos municípios de Aracaju e Nossa Senhora das Dores.

Essa é a terceira fase da ação, que busca aprofundar provas sobre grupo criminoso que atuava na gestão da Fundação Beneficente Hospital de Cirurgia.

De acordo com o Gaeco, por meio de levantamentos de dados e de campo, um ex-gestor do Hospital de Cirurgia utilizou-se de duas construtoras, registradas em nome de 'laranjas', moradores do município de Nossa Senhora das Dores, para desviar verbas públicas da saúde e utilizadas na compra de bens e enriquecimento ilícito do gestor à época.

A investigação trata sobre crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O Hospital de Cirurgia ainda não se posicionou sobre o assunto.

A primeira fase da operação aconteceu em julho do ano passado e a segunda, em dezembro do mesmo ano