RECORDAÇÕES EDUCADORA

Das 12:00:00 às 14:00:00
Com: FERNANDO BARBOSA

Suspeito de matar criança é vizinho da família e indicou onde havia colocado o corpo. Menina desapareceu na última sexta-feira (10) enquanto brincava no local.

A administração municipal entrou na Justiça após a Câmara de Vereadores não votar projeto que permitiria o pagamento da categoria.

14/01/2020 as 07:49


Professores de Tobias Barreto (SE) ocuparam Câmara em dezembro de 2019 para reivindicar pagamento do 13º salário — Foto: Sintese/Divulgação/ArquivoProfessores de Tobias Barreto (SE) ocuparam Câmara em dezembro de 2019 para reivindicar pagamento do 13º salário — Foto: Sintese/Divulgação/Arquivo

Professores de Tobias Barreto (SE) ocuparam Câmara em dezembro de 2019 para reivindicar pagamento do 13º salário — Foto: Sintese/Divulgação/Arquivo

O juiz da 2ª vara cível e criminal de Tobias Barreto, Guilherme Diamantino de Oliveira Weber, emitiu uma decisão nesta segunda-feira (13) para a Prefeitura de Tobias Barreto possa efetuar o pagamento do 13º terceiro salário dos profissionais da educação.

A administração municipal esperava que o remanejamento orçamentário que permitiria o pagamento da categoria, encaminhado à Câmara de Vereadores, fosse aprovado, porém devido a não votação do projeto entrou na Justiça para garantir o pagamento, pois havia dinheiro em caixa. Os profissionais chegaram a ocupar a Casa para reivindicar pagamento do 13º salário.

O magistrado estipulou o prazo de cinco dias a partir da notificação para que o pagamento seja realizado. Segundo a prefeitura, a ordem de pagamento dos 516 Servidores será feita de modo individual a cada servidor e pode ser iniciada a partir desta terça-feira (14).

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Sintese), os funcionários da educação foram os únicos servidores do município que não receberam nenhum valor referente ao décimo-terceiro.