PROGRAMA CARLOS ALBERTO

Das 20:00:00 às 23:00:00
Com: CARLOS ALBERTO Ô CACAIA

Pelo segundo ano consecutivo, taxistas podem não aderir à bandeira 2 em Sergipe

Pelo segundo ano consecutivo, taxistas podem não aderir à bandeira 2 em Sergipe

05/12/2019 as 07:47


Táxi Aracaju — Foto: G1/ArquivoTáxi Aracaju — Foto: G1/Arquivo

Táxi Aracaju — Foto: G1/Arquivo

Apesar da lei municipal que autoriza desde 1993 os taxistas utilizarem a bandeira 2 durante o mês de dezembro, em Aracaju, Sindicato dos Taxistas de Sergipe (Sintax) afirma que pelo segundo ano consecutivo serão os motoristas que escolherão se vão ou não aderir ao reajuste, tendo em vista a queda do número de passageiros - que para a entidade é causada pela crise e pela concorrência com outros serviços de transporte.

Desde o dia 1º de dezembro que os 2.080 táxis podem circular com a bandeira 2, até o dia 1º de janeiro. A medida busca permitir aos taxistas arrecadarem o abono salarial referente ao 13º salário.

“Ficou a critério dos motoristas já que muitos já estavam rodando com desconto de 30%. Com a crise e a concorrência de aplicativos fica difícil aumentar o preço”, disse Manildo Ramos da Costa, presidente do Sintax.

Atualmente, o passageiro de táxi paga o valor por quilômetro de R$ 5,25 sem desconto e R$ 3,71 com desconto de 30%.